sandrabueno.pcp@gmail.com

segunda-feira, 5 de novembro de 2012





ASSALTO NA LOJA AMÉRICA
Por Sandra de Oliveira Bueno
Como todos faz todos os dias, seu Alfredo chega a sua loja de equipamentos eletrônicos as 7:30h a fim de organizar o caixa para a abertura  as 8:00h, os funcionários, três, vão chegando aos poucos. A porta da loja ainda estava semi-aberta quando foram surpreendidos por dois homens encapuzados fortemente armados, e durante os próximos quinze minutos ele renderam todos que ali estavam, reunindo vários produtos da loja, numa mochila, seu Alfredo muito nervoso tentou conter os bandidos, mas foi  impedido com uma coronhada na cabeça, caindo desmaiado. Após o roubo saíram correndo da loja e correram em direção a um carro de cor prata que estava esperando. Uma viatura que fazia a ronda e  passava pelo local desconfiou da atitude dos homens que saíam correndo da loja e foram  atrás deles. Os dois elementos foram perseguidos e detidos a dois quarteirões do ocorrido. Foi registrado Boletim de Ocorrência as 9:45h. O produto do roubo foi devolvido ao dono da loja e os bandidos encaminhados a Casa de Detenção Provisória.  

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Ester a rainha que salvou seu povo

 
Texto bíblico: Ester 2.1-18; 4.7-16


Quem foi Ester?

 
A beleza e o caráter de Ester conquistaram o coração de Assuero (ou Xerxes), e assim o rei fez de Ester sua rainha. Mesmo em sua posição tão favorecida, ela arriscou a própria vida, entrando à presença do rei sem ser chamada. Não havia sequer a garantia de que o rei a receberia. Embora fosse a rainha, não estava completamente segura. Mas, com cautela e coragem, Ester decidiu arriscar sua vida, abordando o rei a favor do seu povo.
Ela elaborou os seus planos cuidadosamente. Pediu aos judeus que jejuassem e orassem com ela antes de entrar à presença do rei. Então, no dia escolhido, Ester foi à presença de Assuero, e este lhe pediu que se aproximasse e falasse. Porém, em vez de expressar seu pedido de forma direta, Ester convidou o rei e Hamã para um banquete. Assuero era suficientemente sagaz para perceber que a rainha tinha algo em mente; no entanto, ela transmitiu a importância da questão, insistindo em um segundo banquete.
Neste ínterim, Deus estava trabalhando "nos bastidores". O Senhor fez com que o rei lesse os registros históricos do reino, à noite, e descobrisse que Mardoqueu certa vez salvou a sua vida. Assuero não perdeu tempo para honrar Mardoqueu por tal ato. Durante o segundo banquete, Ester revelou ao rei a conspiração de Hamã contra os judeus, e este foi sentenciado. Existe uma rigorosa justiça na morte de Hamã na forca que ele mesmo havia construído para Mardoqueu, e parece muito adequado o dia em que os judeus deveriam ser assassinados tenha se tornado o dia da morte de seus inimigos. O risco que Ester correu confirmou que Deus era a fonte de sua segurança.

sábado, 16 de julho de 2011


A definição de amor
É triste quando o amor é visto como simples emoção meio inimiga da razão. Falar de amor tornou-se rotina que agasalha a necessidade por “parecer”.

O medo de que alguém consiga enxergar solidão em nossa maravilhosa individualidade inibe a própria realização, isto é, consigo mesmo, independente de expectadores.

Outro dia me perguntaram o que eu penso sobre o amor, desconversei, pensei, expliquei... Fiquei feliz por encontrar, não em mim, precisa definição: “Deus é amor”.

Amar é conseguir ver beleza além dos olhos verdes que brilham a luz do sol, é sentir a maciez além dos negros cabelos encaracolados, é sentir a presença real a milhas e mais milhas de distancia, é enxergar a sinceridade simplesmente por olhá-la com olhar sincero. Amar não é recordar um bom momento, é fotografar o infinito.

“No amor não existe medo; antes, o perfeito amor lança fora todo medo. Ora, o medo produz tormento; logo, aquele que teme não é aperfeiçoado no amor.”(1Jo 4:18)

Calebe Ribeiro

quarta-feira, 13 de julho de 2011

"Quando seguimos as setas, o desconhecido e o inesperado já não assustam mais, porque se tem a confiança de que eles nos manterão no rumo certo"
Jussara Hoffmann

Sejam bem vindos a minha casa.
Um abraço!